Prefeitura da Lapa atualiza decreto municipal, permitindo idosos nos estabelecimentos
07/08/2020 07:19 em Saúde

A partir desta sexta-feira (07), um novo decreto passa a ser vigente no município da Lapa, entre as alterações estão: entrada permitida nos estabelecimentos para pessoas acima de 60 anos, a medida alterou devido ao fato de que muitos não têm familiares ou pessoas que possam auxiliar para compras e atividades em estabelecimentos considerados essenciais, como Supermercados e Farmácias.

 

As autoridades locais e Secretaria Municipal de Saúde, alertam para que as medidas de prevenção nos estabelecimentos continuem sendo rigorosas, como: uso da máscara preventiva, álcool em gel, respeitar o limite de clientes dentro dos espaços. Além disso, a conscientização da população deve continuar, para combater o novo Coronavírus na Lapa. Em relação aos menores de 12 anos, a medida continua, é proibida a entrada e permanência de menores de 12 anos em todos os estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços e indústria, como: supermercados, mercados, lojas de confecção, departamentos, sedes administrativas dos órgãos públicos, além de todos os estabelecimentos que prestam atividades essenciais. 

 

Outro fator foi acrescentado no decreto, enquanto o município estiver em situação emergencial, segundo recomendações do Ministério da Agricultura, fica suspensa a disposição de lodo de esgoto doméstico, pois, pode haver contaminação do novo Coronavírus. As demais medidas, presentes nos decretos anteriores continuam vigentes, como o limite de horários e venda de bebidas alcóolicas permitida somente até às 18h aos Sábados.

 

Fiscalização na Lapa

O Grupo Especial de Fiscalização COVID-19 está em alerta e atua com suas equipes, acompanhadas da Polícia Militar em ações de contenção de aglomerações, festas clandestinas e descumprimento das medidas estabelecidas nos decretos. 

 

A população pode e deve denunciar qualquer tipo de desobediência às medidas sanitárias, para conter o avanço do vírus na cidade. O Disk Denúncia pode ser feito por meio do telefone (41) 98742-7956.

 

 

COMENTÁRIOS